Dayeni Jordão conta sua experiência em Vancouver

 

DCIM101GOPRO

 

10259642_697576330301692_1488908336_n

Dayeni Nunes da Costa Jordão, 22 anos, carioca, estudante de administração, adora viajar, conhecer pessoas novas, surfa e jogar vôlei.

“Fiz um intercâmbio de 12 meses no Canadá, em Vancouver, sendo 6 meses de estudo na escola de línguas VGC e 6 meses de trabalho” afirma a surfista,  onde trabalhei em um restaurante como Dish Washer, trabalhei em uma loja como Cleaner, promoter de eventos pela 3RA em algumas noites da semana, na Guest-List e até mesmo vendi Hot-Dog na Grandville.St, uma das principais ruas de Vancouver.

O que mais gostei dessa minha experiência única foi a mistura de culturas que pude vivenciar, conheci pessoas de vários países e vivi um pouco da cultura delas, como comida, hobbies…anigif

“Não acho que haja algo que eu não tenha gostado, a única coisa que não gostei foi ter que me despedir depois de 12 meses maravilhosos naquela cidade espetacular que é Vancouver”, relata a carioca. As despedidas no decorrer do Intercâmbio, vi muitos amigos indo embora antes de mim, alguns para outros países e isso doía um pouco de fato…

” O 10154193_690524907673501_2062450547_ntempo frio posso confessar que me incomodava um pouquinho… Mas só um pouquinho mesmo!”, comenta a carioca.

 Dayeni afirma que conheceu muitos lugares bacanas com o dinheiro que juntou em Vancouver. Um dos lugares que mais me marcou foi o Lake Moraine, que é um Lago localizado em Alberta, no Rocky Mountains. Conheci também a Grouse Mountain. Fui três vezes para praticar Snowboard, o que era muito “irado”. Também consegui viajar para Las Vegas e à Seattle, com o dinheiro que juntei enquanto estava trabalhando em Vancouver.

DCIM101GOPRO

Adorava também a praia English Bay, onde durante o verão fica bem cheia com pessoas de todas as partes do mundo, achava um astral muito bom, e lembro bem do pôr-do-sol ao som de uma viola e todos sentados no gramado ouvindo e contemplando.

O qu365 (1)e eu geralmente respondo pra quem me pergunta se deve ir ou não é: Vá! Se você tem a oportunidade de ir, não deixe passar, vá e curta todos os mínimos segundos lá, porque são momentos que ficam marcados pra vida toda!

“Por mais que exista a saudade da família e amigos, aquele momento deve ser aproveitado da melhor forma possível, para o seu crescimento profissional, cultural e pessoal”.  A carioca afirma que a única coisa que levamos dessa vida é as experiências que vivemos e memórias que jamais serão esquecidas ou tirada de nós!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s